Dr. Alfredo Lhullier

Psiquiatra

Sobre

Desde a infância me interesso pela Ciência. Minha leitura preferida aos 12, 13 anos eram as biografias de grandes cientistas e descobridores. Julio Verne me influenciou na busca da “descoberta”, o encontro de novos conhecimentos e a utilização destes no benefício da humanidade; depois me interessei por outros autores de ficção e ciência como Ray Bradbury, Isaac Asimov e Carl Sagan. Esse movimento interno me anima até hoje, e tenho certeza que nunca vai cessar enquanto viver.

IMG_9901.jpg

Anos mais tarde me interessei pela mente humana e me decidi a fazer Medicina e Psiquiatria, embora, ainda durante o curso de graduação, a prática da Psiquiatria da época tenha me produzido grande decepção. A escassez de recursos terapêuticos foi a principal causa desta decepção, mas a avidez por novas descobertas que encontrei em alguns mestres e colegas já profissionais, seja na pesquisa, seja no auto-conhecimento, me devolveram a vontade de avançar nesta área de estudos. Assim decidi migrar para a Argentina, na época o cenário mais pujante e livre em desenvolvimento psicanalítico da América do Sul, e realizei lá parte inicial da minha formação. Na prática, como é de praxe, aprender e ensinar, assim como tratar, foram dimensões de um mesmo processo. Na volta participei de vários movimentos pioneiros na implantação de instituições psiquiátricas na minha cidade, Pelotas, e iniciei uma formação psicanalítica “oficial”, que não cheguei a concluir. Já um profissional em plena atividade, e professor universitário, ao final do doutorado fiz a formação em Terapia Cognitivo Comportamental, durante a qual me decidi a enfocar meu trabalho principalmente no tratamento dos problemas relacionados ao uso de substâncias e Dependência Química. Uns anos antes a leitura de Marcel Proust, “Em Busca do Tempo Perdido”, e a paixão pela Literatura foram uma fonte decisiva de questionamentos e de aprofundamento no conhecimento da alma humana. Realizei a seguir a especialização na área, e trabalhei na implantação de um CAPS Álcool e Drogas.


Desde o início busquei uma formação integrada, biológica e humanística, o que me possibilitou trabalhar muito os recursos interacionais da prática. Assim me defino,

após estes 40 anos de profissão, como um psiquiatra clínico, focado na compreensão

e ajuda aos pacientes, e à sociedade. Trabalho também com outras compulsões e
transtornos relacionados à ansiedade e depressão.


Minha família tem sido minha principal fonte de motivação e entusiasmo pela profissão e pela vida, tenho dois filhos e três netos, fontes de aprendizagem e reafirmação de valores e direcionamentos de vida.

Formação / Certificados

1978 - Graduação em Medicina na Universidade Católica de Pelotas
1997 Mestrado em Saúde e Comportamento – Universidade Católica de Pelotas
2002Doutorado em Psicologia – Subárea Clínica – Pontifícia Universidade do Rio
Grande do Sul
2007 Especialização em Dependência Química – Universidade Federal de São Paulo
2015 Certificação como Terapeuta Cognitivo Comportamental – Federação Brasileira
de Terapias Cognitivas
2015/2017Formação em MBRP (Mindfulness Based Relapse Prevention) - UNIFESP
2018 Formação em ACT (Terapia de Aceitação e Compromisso)

Publicações

1998 Livro “Novos Modelos de Investigação em Psicoterapia” (EDUCAT-UCPEL) - Organizador

2000 Livro “Psicologia e Pesquisa” (Editora Sulina) - em co-autoria

2008 – Livro “Psicologia e Pesquisa” 2ª edição (Editora Sulina) - em co-autoria

2015 - Livro "E Agora? Como falar quando alguém da família adoeceu?" - em co-autoria

2019 - Livro "Psicopatologia do Adulto e do Envelhecimento" - Capítulo 14 - Transtornos por Uso de Substâncias - em co-autoria

671_gg.jpg
download (1).jpg

Fotos

IMG_1853.JPG
Patrono Psico UCPel  Agosto 2016.JPG
IMG_8174.JPG
Linda e criativa homenagem da ATP 2006 I